Concurso PM-AP 2017 – Edital deverá ser Publicado em Breve

Categorias: Amapá - Concursos 2017 - Concursos públicos - Polícia Militar

Seleção deverá ofertar 300 vagas para Soldado.

O concurso tão esperado da Polícia Militar do Estado do Amapá (PM/AP) está cada vez mais próximo de acontecer. O concurso será para o cargo de soldado do quadro de praças combatentes. De acordo com Euricláudio Alencar, Secretário Estadual de Segurança Pública do Amapá, a publicação do edital vai sair ainda neste mês com a disponibilidade de 300 vagas. Essas vagas serão para chamada imediata, contudo, segundo Alencar, a PM do Estado também terá formação para cadastro de reserva.



Para acontecer a liberação e por fim a publicação do edital, a Polícia Militar do Estado do Amapá ainda precisa ajeitar algumas informações, principalmente a escolha e inclusão de qual banca organizadora será. O concurso já vinha com uma grande expectativa desde o ano passado, quando já surgia notícias de que o edital poderia ser publicado em breve. Os interessados já estavam a espera da publicação desde o dia 25 de novembro.

A comissão organizadora será composta por profissionais da própria Polícia Militar, além da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá, do Departamento de Desenvolvimento Pessoal, do Núcleo Setorial de Pessoal e do Departamento de Recursos Humanos.

Para conseguir angariar uma das 300 vagas de carreira de soldado que estarão disponíveis no concurso, o interessado tem que ter um curso de nível superior completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos.



As atividades do policial militar são várias, entre elas fazer o policiamento preventivo e ostensivo de toda a região, além de resolver ocorrências; dirigir os veículos oficiais do comando – caso o soldado tenha a devida habilitação para isso; fazer a fiscalização e policiamento do trânsito da capital e dos municípios regionais; o soldado precisa exercer o policiamento e preservação da ordem pública; proteger a integridade física das pessoas e dos bens públicos e privados de todo o Estado caso ocorra algum ato criminoso; Executar no dia-a-dia as demandas das atividades da Polícia Militar, exercendo ações e operações do órgão, como guardar a sede de quartéis, dos três Poderes do Estado e a segurança externa de penitenciárias; por fim, o soldado também precisa proteger e patrulhar as florestas e mananciais com interação das comunidades envolvidas.

Por Carolina Costa



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *