Concurso TJ GO 2021 – Vagas Abertas

Categorias: 2021 - Concursos públicos - Goiás - Tribunal de Justiça

O certame do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás receberá inscrições dos interessados entre os dias 6 de agosto e 7 de setembro de 2021.



Mais um concurso público de grande importância está aberto, o do TJ (GO).

O certame segue em aberto e proverá cargos no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, com disponibilização de mais 292 postos efetivos para servidores, conforme dita o texto de edital. Estas ocupações serão distribuídas entre funções nas áreas de Outorga em Delegações para os Serviços Notariais e os Serviços Registrais.

O período para cadastro de inscrições inicia no dia 6 do mês de agosto e seguirá em aberto até o dia 7 do mês de setembro de 2021. O preenchimento da ficha cadastral deverá ser efetuado via acesso ao site oficial da instituição que está atuando como banca organizadora, ou seja, Vunesp (Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista). A taxa está no valor de 250 reais.

As pessoas que necessitarem solicitar isenção da taxa de cadastro deverão estar enquadradas nas seguintes condições sociais:

1 – A renda da família deverá estar abaixo de dois salários mínimos, por meio dos devidos comprovantes dos rendimentos ou certificado que confere cadastro de beneficiário em programa federal, estadual, em transferência de rendas;



2 – Ser regular doador de sangue, com documento e carteirinha que comprove a participação nas campanhas de doação, com registro de três sessões no último ano;

3 – Ser doador de medula óssea, apresentando registro e documento que comprove a ação como doador no último ano, com notificação do hospital de doação;

4 – Estar inscrito no chamado Cadastro Único voltado aos Programas Benefícios Sociais promovidos pelo Governo Federal.

Quais são os requisitos indispensáveis para se garantir a participação neste certame?

Todos os futuros concorrentes deverão estar quites com os seus direitos eleitorais; estar quites com os deveres no serviço militar, no caso masculino; apresentar a devida condição física e psíquica para os testes e o exercício das funções nessa função; apresentar o diploma de conclusão em bacharel na área de Direito; comprovar o mínimo de experiência de uma década em serviços no setor notarial ou no de registro; apresentar bom histórico social e pessoal; estar desprovido de quaisquer antecedentes criminais, nem estar respondendo qualquer tipo de processo condenatório em trânsito julgado.

Sobre o itinerário do processo de seleção:

Este certame será realizado em seis fases distintas, de modo eliminatório e classificatório, conforme segue:

Inicia com a aplicação dos cadernos de prova objetiva; segue com a prova dita prática; a fase do apresentação e aprovação dos requisitos destinados à outorga das delegações; a etapa do teste psicotécnico e os necessários exames médicos finais; a avaliação sobre o histórico da vida pregressa e a entrevista individual, a aplicação da prova oral e finalizando com a análise dos diplomas e títulos.

O caderno de prova objetiva será aplicado aos candidatos em data agendada para o dia 24 do mês de outubro (posto de remoção) e no dia 31 do mesmo mês (posto de provimento). Os blocos de provas irão conter 100 questões cada, versando sobre o seguinte conteúdo programático:

Noções sobre Direito Notarial e Direito Registral; conhecimentos em Direito Civil, em Direito Processual Civil e na área de Direito Empresarial; conhecimentos em Direito Constitucional; na área de Direito Administrativo e na área de Direito Tributário; noções em Direito Penal e Direito Processual Penal; matéria de Língua Portuguesa e conhecimentos sobre atualidades e generalidades.

É importante estar atento ao prazo de inscrição, aos requisitos, ao valor da taxa de inscrição e aos conteúdos a serem estudados, bem como às datas de realização das provas e demais testes.

Por Paulo Henrique dos Santos



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *