Novo Concurso PC-PR 2020 – Escolha da Banca Organizadora

Categorias: 2020 - Concursos 2020 - Concursos públicos - Paraná - Polícia Civil

Seleção deve contar com 400 vagas para os cargos de delegado, investigador e papilocopista.

Um novo concurso da Polícia Civil do Paraná tem edital previsto para o dia 3 de março de 2020, na terça-feira. O edital prepara um processo seletivo com 400 vagas para os cargos de delegado, investigador e papilocopista. Confira mais detalhes agora.



O tão aguardado edital do concurso da Polícia Civil do Paraná tem lançamento previsto para o dia 3 de março, segundo o deputado Mauro Moraes. Essa data, segundo o deputado, foi escolhida na reunião, envolvendo os diretores da Polícia Civil e a Secretaria de Segurança.

A banca organizadora responsável pelo processo seletivo ainda não foi confirmada. Contudo, é possível esperar que a responsabilidade da organização fique por conta da Fundação da Universidade Estadual do Paraná, a Funpar – PR. No entanto, ainda vale ressaltar que a oficialização ainda não foi realizada, embora isso possa acontecer a qualquer momento. De qualquer forma, os interessados precisam estar atualizados.

O que já é sabido do concurso

O concurso da Polícia Civil já conta com um número de 400 vagas, a serem distribuídas pelos cargos de papilocopista, delegado de polícia e investigador. Para isso, as vagas serão distribuídas em 300 cargos para Investigador, 50 postos para papiloscopista e os outros 50 para delegado.



Os cargos contam com os requisitos básicos para tal. Os candidatos a delegados precisam possuir uma formação em Direito, não ter menos que 21 anos e possuir carteira de habilitação de categoria B. Segundo o que já foi divulgado, aqueles que forem aceitos contarão com uma remuneração inicial de R$ 17.921,62, recebendo por uma jornada de 40 horas semanais.

Os investigadores devem possuir graduação, em qualquer disciplina. Os investigadores contarão com uma remuneração inicial de R$ 5.478,49. Já os papilosopistas precisam possuir uma formação acadêmica, de qualquer área, e posuir carteira de habilitação, de categoria B. A remuneração inicial é de R$ 5.752,41.

Como foi o último concurso PC PR

O último concurso a ser aplicado pela Polícia Civil do Estado do Paraná aconteceu no ano de 2013. O processo seletivo, na época, disponibilizou uma oferta de 26 vagas para o cargo de delegado. A comissão organizadora do processo foi a Cops, Coordenadoria de Processos Seletivos.

O processo seletivo se baseou em provas, tanto objetivas quanto discursivas. No escopo das provas, tinha-se as disciplinas de conhecimentos específicos. Além disso, também foram aplicadas proovas de rigidez física e aptidão física. Também aconteceram alguns processos burocráticos, como análise de títulos e investigação de conduta do candidato.

Segundo os editais antigos, as provas objetivas contaram com 100 questões, divididas em 4 categorias de prova. A primeira contou com 10 perguntas de língua portuguesa, 10 perguntas sobre informática, e mais 10 questões relacionadas a raciocínio lógico. Na segunda categoria, enncontrava-se as questões de direito civil, essas formavam um grupo de 10, questões de legislação estadual, também formada por 10 questões a respeito, e outras 10 questões relacionadas a medicina legal. A terceira categoria era composta por questões relacionadas a direito administrativo e direito constitucional, a serem os dois assuntos compostos por 10 quetões de cada um. A última categoria contou com vinte questões de direito penal e direito processual penal, dez questões para cada. A divisão de pontos era de 0,5 ponto para cada questão acertada das duas primeiras categorias, e 1,5 pontos da terceira, e 2 pontos para cada questão da última categoria.

A prova discursiva do último processo era composta de 8 questões. Duas dessas questões tinha como assunto direito administrativo, duas reservadas para direito contitucional, duas para direito penal e duas para direito processual penal.

Para gabaritar o processo seletivo desses concursos, é importante se atentar o edital que está para sair. Além disso, tomar provas antigas dos processos passados, ou provas organizadas pela banca da Fundação também pode ajudar a entender como responder as questões desse ano.

DAVI GABRIEL SOARES



Outros Conteúdos Interessantes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *